PALLETS DE MADEIRA:PALLETS PBR






Este site é um catalogo eletronico de Floresta Representações de Madeiras . Nossa Empresa tem tradição de 19 anos representando respeitadas serrarias - fabricas de chapas e assoalhos .


CHAPAS DE MADEIRIT

CHAPAS DE MADEIRITE
MADEIRAS BRUTAS
COMPENSADOS , FORMAS RESINADAS , CHAPAS DE MADEIRA
FORMAS PARA CONCRETO
Madeirit Resinado e Madeirit Plastificado
Madeiras para Telhado

Escritorio Tupã -S-P Fones : (014) 3441 3501(11) 3042-7491
Clique aqui :E-MAIL DE VENDAS  florestamadeiras@gmail.com

Escritorio Diadema - SP
Fones: (011 ) 40551239 |(11) 4044 - 5570 
Nextel: (11) 7738 - 6060
ID: 9*95818

MSN Atendimento Online:
florestarm@hotmail.com - florestarm@hotmail.com.br

Skype: rogerio.pascon1
           dep.floresta
           florestarm




Chapas de Compensados Madeiras para Telhado Tabuas e Vigas de Eucalipto Assoalhos de Madeira Pallets de Madeira Madeirite Pinus Vigamento de Garapeira Madeirite Madeiras para Construção Parceiros

Chapas de Compensados
Madeirite
Madeirite Plastificado
Madeiras para Telhado
Tabuas e Vigas de Eucalipto
Pinus
Pallets de Madeira
Dormentes
Assoalhos de Madeira
Madeiras para Construção
Vigamento de Garapeira
Parceiros
Contato


CHAPAS TIPO MADEIRIT (TAPUME)
FORMA RESINADA
COMPENSADOS
MADEIRIT PLASTIFICADO
FORMAS PARA CONCRETO
PALLETS DE PINUS
PALLETS PBR


CAIXAS E PALLETS
PALLETS PBR

PALLETS DE PINUS - PALLETS DE EUCALIPTO - PALLETS DE PEROBA -PALLETS PBR

O recebimento de mercadoria com avarias pelo cliente importador ou mesmo no mercado nacional pode representar sérias dificuldades no fechamento de futuros contratos. Cabe ao fabricante vendedor e exportador cuidar pelo bom estado de seus produtos até a chegada ao destino. O uso de pallets no transporte e armazenamento de carga é uma prática mundial. O sistema é adotado, e até normatizado, nos principais centros de comércio exterior, pela garantia que oferece na preservação das mercadorias durante sua movimentação e estocagem. Outro fator é mesmo a manipulação interna de mercadoria dando grandes vantagens no ganho de espaço , e na movimentação de mercadorias dentro da fabrica ou do atacadista.O sistema de palletização é uma verdadeira alavanca em todo o sistema produtivo e de distribuição. PALLETS
Trabalhamos com pallets de pinus , pallets de cedrinho , pallets de peroba e pallets de eucalipto a fixação sempre em preços ardox ou anelados e em casos especiais pallets parafuzados.É vasta a variedade de modelos de pallets , ou mais comuns com duas entradas ou quatro entradas duplo, ou os pallets de uma face.Temos pallets tambem preparados com sulcos , ou canais nas bases para fazer passar e melhor fixar fitas metalicas ou de nylon.Trabalhamos com normas e tambem com pallets conjugados com caixas , temos medidas especiais para industria pesada . Na hora de comprar pallets não deixe de nos consultar. PALLETS
  

PALLETS PBR


O sucesso na implantação do palete padronizado de distribuição no Brasil deve muito a um fato ocorrido há exatos quinze anos. A criação, em 1986, do departamento de Logística da Abras representou o início efetivo de um trabalho de conscientização que culminou na consagração, hoje,  do Palete Padrão Brasil (PBR) como modelo nacional para a movimentação, armazenagem e distribuição de mercadorias entre a indústria fornecedora e os setores supermercadista e atacadista. Coordenado por Paulo Lima, executivo do grupo Pão de Açúcar, o departamento de Logística da Abras deu origem, dois anos depois, ao Grupo Palete de Distribuição (GPD), sob a coordenação de José Geraldo Vantine, da Vantine & Associados Consultoria em Logística. Entre 1988 e 1990, um grupo restrito de profissionais aprofundou os estudos sobre o palete e criou a metodologia de trabalho. Foram criados protótipos para se definir o palete padrão. Sob a supervisão do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), testes de campo foram realizados nas empresas Nestlé, Gessy Lever, Pão de Açúcar e Transportadora Dom Vital com protótipos fornecidos pela Paletes Canozo. Com a definição do modelo considerado ideal (1,00 x 1,20m, face dupla não reversível e quatro entradas, entre outras especificações), pôde-se, afinal, em agosto de 1990, realizar o I Fórum Nacional de Paletização, que deu início à segunda fase do projeto, a de implantação. Criou-se, então, o Comitê Permanente de Paletização (CPP), encarregado de centralizar todas as ações a partir daquele momento. Compete ao CPP, entre outras atribuições, administrar a implantação do PBR, manter atualizada a sua norma de especificação e administrar o credenciamento dos fabricantes. De acordo com o presidente do CPP, José Geraldo Vantine, a marca PBR passou a ser uma espécie de selo de qualidade do palete padrão. "O modelo único permite o mais importante, que é a redução de custo operacional por meio da integração entre fornecedores e supermercadistas", resume Vantine
.Artigo publicado na Revista SuperHiper

pallets pbr